Simplesmente-Única

"O vento só leva quem se deixa levar" (Rose Felliciano)

Textos


A UTOPIA QUE EU QUERO


“Ah quem dera fosse
Meu saber apenas doce
Felicidade, alegria...

Ter apenas a teoria
Da saudade, melancolia,
Abandono, sofrimento...

E em nenhum momento
Dessa vida
Conhecer a separação, a despedida.

Ser a mais ignorante das mortais
Saber da tristeza,
Apenas por jornais.

E a poesia?
Ora, seria apenas a magia
Dos casais apaixonados
Declarações e recados
Relatos inusitados
Apenas isso.

Ah quem me dera
Que meus medos nessa terra
Fossem só de bicho papão
E não da solidão
Da mentira camuflada
E do esquecimento...

Queria ter conhecimento
Que o amor é puro e eterno
Que os beijos são sempre sinceros
E a traição não existe...

Mas há ainda quem insiste
Em dizer que a vida assim é tolice
Utópica e Banal.
Dizem até que o tempero é o sofrimento
Não sei se entendo
Ou se quero entender...

Mas se eu pudesse
Apenas um pedido fazer,
Queria que todos na vida
Tivessem um amor a seu lado

E assim,
Quando enfim a morte chegar
Que então se possa estar
Nos braços do seu amado...” (Rose Felliciano)


.
*Mantenha a autoria do poema"

*Imagem utilizada neste Poema- desconheço a autoria*

Rose Felliciano
Enviado por Rose Felliciano em 09/03/2008
Alterado em 08/07/2010


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras