Simplesmente-Única

"O vento só leva quem se deixa levar" (Rose Felliciano)

Textos


Peneiras-Contemporâneos


“O verdadeiro Poeta
reconhece um grande talento.
Ele vê , elogia e incentiva a boa obra.
Os demais, a ignoram...

Triste e inútil ato.
Pois, tem-se no espaço, impregnado no tempo,
a essência pura que fica, perpetua, petrifica
Ninguém consegue apagar...

Tentaram até com Quintana,
e esse verdadeiro Poeta é a prova concreta
do que estou a falar.

Para os que o invejaram
e com peneiras tentaram
seu brilho apagar,
Mário os presenteou com o Poeminha do Contra.

Quem foram os que atravessaram seu caminho???
Nem lembramos. Eles passaram...
Mário, passarinho....

Para os “peneiras-contemporâneos”,
Peço que não se deixem enganar.
Pode-se até matar o Poeta...
Sua poesia, jamais!”(Rose Felliciano)


*Mantenha a autoria do Poema*



*imagem utilizada nesse Poema- desconheço a autoria*
Rose Felliciano
Enviado por Rose Felliciano em 27/11/2008
Alterado em 05/01/2009


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras