Simplesmente-Única

"O vento só leva quem se deixa levar" (Rose Felliciano)

Textos


DIVAGAÇÃO

"Não sei se cresci,
amadureci, envelheci...
Ou se é mesmo e tão somente
O fruto da experiência latente...

O fato é que, para algumas coisas
Perdi a paciência.
Noutras tolero mais...até esqueço
Mas já desfeito, desligo de vez de mim.

Pensando assim, me vejo como criança
Naquela Infância de tantos porquês...
Mas quem irá me responder,
Se meus pais não podem mais?

E minhas dúvidas de hoje
São diferentes de antes...complexas!
Não são mais sobre bonecas
Ou como o nenêm vai nascer...

Ah! Se eu pudesse mudar a escrita
Tirava os porquês dessa vida
Viveria assim...
Sem aprender!

Pois cada vez que aprendo
Sofro um bocado
E compreendo
Que preciso aprender ainda mais...

E olha que a vida ensina...
Mas chega a ser antipática
Nos aplica primeiro a prática
Ficamos até sorridente

Seguidamente, por um descuido ou ilusão
Vem a Durona Lição
E aos prantos, temos que entender
E decorar a teoria....

Que ironia...

Talvez seja então por isso
Que muitos teimam na rebeldia...
De não querer aprender
Vá entender.....Desaprender ????!!!!

Creio que não...
Melhor é decorar logo a lição
E parar de bobagem...
.......Pura divagação"(Rose Felliciano)

.
*Mantenha a autoria do Poema*
Rose Felliciano
Enviado por Rose Felliciano em 05/05/2008
Alterado em 02/08/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rose Felliciano e o site www.rosefelliciano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras