Simplesmente-Única

"O vento só leva quem se deixa levar" (Rose Felliciano)

Meu Diário
22/04/2015 20h28
INSIGNIFICANTE

"A gente só lembra de quem nos fez muito bem ou muito mal. Os mais ou menos... ah, os mais ou menos... quem foram mesmo?" (Rose Felliciano)


Publicado por Rose Felliciano em 22/04/2015 às 20h28
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rose Felliciano e o site www.rosefelliciano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
18/04/2015 23h03
LÁGRIMAS

"Que lástima a minha!
A saudade se alimenta das lágrimas
E eu nem sabia..." (Rose Felliciano)


Publicado por Rose Felliciano em 18/04/2015 às 23h03
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rose Felliciano e o site www.rosefelliciano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
09/04/2015 23h14
SAUDADE

"Vamos falar a verdade
Não existe beleza alguma na saudade
Isso é coisa de Poeta, compositor
Saudade é dor... muita dor...apenas isso." 

(Rose Felliciano)


Publicado por Rose Felliciano em 09/04/2015 às 23h14
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rose Felliciano e o site www.rosefelliciano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
17/03/2015 15h04
CONSELHO

"Cuidado com pessoas intensas, pois o amor e o adeus são inesquecíveis!"  (Rose Felliciano)


Publicado por Rose Felliciano em 17/03/2015 às 15h04
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rose Felliciano e o site www.rosefelliciano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
04/02/2015 21h51
IRONIA

“Que ironia... O querer na mão de um fraco torna-se queria...” (Rose Felliciano)


Publicado por Rose Felliciano em 04/02/2015 às 21h51
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rose Felliciano e o site www.rosefelliciano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 5 de 19 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras